NOTÍCIAS

  • 09 AGO

    Após ação do Ministério Público, prefeito de Montenegro é afastado por 180 dias

    O Ministério Público cumpriu, nesta quarta-feira, um mandado de afastamento cautelar por 180 dias contra o atual prefeito de Montenegro, Luiz Américo Aldana, suspeito de fazer parte de uma organização que atua a partir de fraudes licitatórias em contratos públicos e aditivos de contratos. Aldana não poderá frequentar nenhuma repartição pública municipal durante esse período, nem manter contato com testemunhas ou outros suspeitos. Também foi um mandado de prisão preventiva contra um empresário para a garantia da ordem pública e econômica e por conveniência da instrução processual. As medidas foram todas deferidas pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, a pedido da Procuradoria de Prefeitos. Na tarde desta quarta-feira, o vice-prefeito de Montenegro Carlos Eduardo Müller, o “Kadu”, foi empossado, pela Câmara de Vereadores, para o cargo de chefe do executivo de Montenegro. 

    Fonte/Foto: Fato Novo
    Arthur Poersch | Rádio Vale Feliz

Galeria

PUBLICIDADE